Castulo


O início da era romana ocorre quando a aristocracia local da cidade Ibera assina um pacto com Escipión el Africano, rompendo com Cartago, nos últimos anos do terceiro século aC. C. A partir desse momento, a cidade se torna uma cidade livre, sendo capaz de manter instituições governamentais tradicionais, mas com a condição de ter uma guarnição romana e o eventual envio de tropas. É o ponto de partida da romanização da cidade, que provavelmente termina nos tempos imperiais, quando Cástulo se torna um município sob a lei latina.

Esta última era é quando mais restos de superfície são preservados. No extremo noroeste da colina de La Muela, são observados os principais depósitos de distribuição de água da cidade, culminando na cidade através de um aqueduto do qual seus pilares ainda podem ser vistos ao norte das muralhas.

Ao sul dessas cisternas, destaca-se um oco semicircular, com restos de morteiros que poderiam ter sido a sede das arquibancadas do teatro. Do atual Cortijo de Santa Eufemia em direção ao castelo, o espaço é pontilhado com pontos de distribuição do fluxo de água para as diferentes áreas da cidade.

Outro destaque da era romana da cidade é a chamada cidade urbana de Olivar, localizada na área central e a leste do planalto murado, destacando também o “Mosaico de Amores”. É composto por salas do alto império, possivelmente de uso público, relacionadas a algumas fontes termais, entre as quais o hipocaustum e vários pátios de distribuição, um deles com uma fonte central que preserva o pavimento original do opus spicatum .

Essas instalações térmicas foram usadas até o final dos tempos dos romanos, quando a reforma foi realizada quando eles introduziram diferentes salas em forma de abside, que envolveram uma transformação da cidade como o extremo leste do fórum da cidade, possivelmente associado a práticas religiosas. Nesse momento, começa o despovoamento da cidade, comprovando o aparecimento de enterros intramurais nos estratos dos séculos I e II.

Fora da cidade também existem vestígios, como a estrada Augusta que ligava Bética a Roma